Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Mais Notícias > Forças Armadas deslocam carga externa às comunidades indígenas na TIY
Início do conteúdo da página
OPERACIONALIDADE

Forças Armadas deslocam carga externa às comunidades indígenas na TIY

Acessos: 495

Trator vai contribuir para distribuição de cestas de alimentos e demandas logísticas da região de Surucucu

As Forças Armadas, por meio do Comando Conjunto Ágata Fronteira Norte, realizaram, no dia 1º de setembro de 2023, o transporte de carga externa entre as comunidades de Amajari e Surucucu, na Terra Indígena Yanomami (TIY), missão que exigiu equipes especializadas e arrojada perícia por parte de toda a tripulação.

No primeiro trajeto, um trator foi transportado por via terrestre até Amajari, a fim de se evitar o deslocamento aéreo de carga externa sobre a área urbana de Boa Vista. No local, a carga foi preparada por uma equipe especializada, possibilitando o transporte por meio do helicóptero H-36 Caracal até a localidade de Surucucu.

A fim de aumentar o nível de segurança, um paraquedas estabilizador foi fixado na base do trator, evitando giros e movimentos pendulares indesejados durante os aproximadamente 240 quilômetros de deslocamento.

O piloto e oficial de resgate, Tenente Aviador Pedro Henrique Silva dos Anjos, explica que os principais cuidados a serem tomados em uma missão como essa é a segurança da operação. “Garantir que a carga esteja estabilizada durante o trajeto, e que não haja área habitada para que, em caso de emergência, não se corra o risco de queda sobre a população, é fundamental para a segurança da operação”, disse.

“Outro destaque relacionado à Operação Ágata é a redução dos custos operacionais, proporcionada pelo uso do paraquedas estabilizador, que permitiu uma maior velocidade de translado, garantindo menor consumo de combustível e horas de voo da aeronave”, finalizou o Tenente Aviador Anjos.

O equipamento transportado vai atender diversas demandas na localidade, como o transporte das cestas de alimentos, que são lançadas diariamente pelas aeronaves C-105 Amazonas.

A ação foi realizada no âmbito da Operação Ágata Fronteira Norte, que é um esforço conjunto e interagências, coordenado entre Órgãos de Segurança Pública, Agências e Forças Armadas, estabelecido pelo Decreto nº 11.405, de 30 de janeiro de 2023, alterado pelo Decreto nº 11.575, de 21 de junho de 2023.

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página