Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Mais Notícias > Comando Militar da Amazônia atua com operacionalidade durante feriado de carnaval
Início do conteúdo da página
OPERACIONALIDADE

Comando Militar da Amazônia atua com operacionalidade durante feriado de carnaval

Acessos: 99

Manaus (AM) – Enquanto muitos aproveitavam o feriado de carnaval, as tropas da 16ª Brigada de Infantaria de Selva (16ª Bda Inf Sl), sob o comando do Comando Militar da Amazônia (CMA), mantiveram a prontidão operacional para garantir a segurança na faixa de fronteira brasileira.

A intensificação da Operação Escudo resultou em ações significativas na região do 2º Pelotão Especial de Fronteira (2º PEF) – Ipiranga, na calha do Rio Içá, onde foram apreendidos cartuchos de munição transportados sem autorização. A colaboração entre as tropas brasileiras e colombianas, por meio da Brigada de Selva Nº 26, sediada em Letícia, resultou na neutralização de três dragas utilizadas no garimpo ilegal, na área do 2º PEF, na calha do Rio Puretê.

Essas ações evitaram o lançamento de 0,4 kg do mercúrio, metal líquido de alta toxidade, no meio ambiente, preservando 1,2 hectares de floresta nativa e causando um prejuízo de cerca de R$ 2,25 milhões aos agentes ilegais.

Além das operações contra o garimpo ilegal, a 16ª Brigada também promoveu Ações Cívico-Sociais (ACISO) na comunidade do Ipapocu, no rio Tefé, com cerca de 70 atendimentos médicos e orientações sobre saúde bucal. Profissionais de saúde da Brigada ofereceram consultas de Clínica Geral e Pediatria, distribuindo kits de escovação e promovendo um momento de patriotismo com o apressamento da Bandeira Nacional e o canto do Hino Brasileiro. A brigada também prestou apoio logístico à prelazia de Tefé para a realização de eventos na comunidade.

As Forças Especiais do Exército intensificaram suas atividades na faixa de fronteira, para combater o garimpo ilegal na Terra Indígena Yanomami. Durante as operações, entre os dias 8 e 12 de fevereiro, foram localizados e destruídos três garimpos recentemente organizados, além de confiscados quatro geradores, diversos galões de combustível, um freezer e peças de configuração para maquinário de garimpo.

Ainda durante o feriado carnavalesco, as Forças Armadas permaneceram em plena atividade com a entrega de cestas de alimentos em comunidades isoladas da Terra Indígena Yanomami (TIY) no âmbito da Operação CATRIMANI, iniciada em janeiro para enfrentar a emergência em saúde pública nesses locais.

Com mais de 735 horas de voo dedicadas, Marinha, Exército e Aeronáutica transportaram os suprimentos em colaboração interagências. As cestas foram disponibilizadas pela Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) e distribuídas dentro das comunidades pela Fundação Nacional dos Povos Indígenas (FUNAI), para atender às necessidades alimentares dos povos indígenas de maneira eficaz.

Essas ações fazem parte do compromisso do CMA em proteger o meio ambiente e combater atividades ilegais que prejudicam não apenas a natureza, mas também as comunidades indígenas, que reforçam a presença do Estado na região e reforçam ações de combate aos ilícitos transfronteiriços na Amazônia Ocidental.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página