Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Mais Notícias > Comando Conjunto transporta alimentos para comunidades isoladas no Amazonas
Início do conteúdo da página
Estiagem

Comando Conjunto transporta alimentos para comunidades isoladas no Amazonas

Acessos: 297

Manaus (AM) - As principais bacias do Estado do Amazonas atingiram e ultrapassaram as marcas históricas, durante esta semana. Algumas cidades do estado decretaram situação de emergência, tendo em vista que os rios são os principais meios de rota para o deslocamento e abastecimentos de insumos, alimentos e demais produtos necessários para a população que vive nessa região do país.

Por conta da seca severa que o Amazonas passa, o Governo Estadual desencadeou, em meados de setembro, a Operação Estiagem 2023, e diante do agravamento da situação, o Governo Federal autorizou o emprego temporário em ações de apoio das Forças Armadas, por intermédio do Comando Conjunto AMANACI.

Toda parte logística é coordenada pelo Comando Conjunto, atendendo às solicitações do Governo do Estado. Hoje, sexta-feira, mais de 18 toneladas de alimentos foram tranportadas para Tabatinga (AM), 1.106 quilômetros distante da capital, a partir da Base Aérea de Manaus.

A ação foi acompanhada pelo Comandante Conjunto nomeado pelo CMA, General de Divisão Carlos André Alcântara Leite, além do Comandante do Sétimo Comando Aéreo Regional (VII COMAR), Brigadeiro David.

Segundo o Gen Leite, as 18 toneladas de alimentos seguirão para as demais comunidades que estão isoladas por conta da estiagem. "Estamos com um helicóptero em Tabatinga para realizar a distribuição desses alimentos, pois não há outros meios de se chegar em certas localidades. Seguimos com a distribuição conforme o governo do Amazonas nos solicitou. As demandas são inúmeras, mas estamos atuando com os meios que temos para reiterar essa integração com as comunidades que se encontram em dificuldades'', reforçou o General.

O CMA não mede esforços para atender a população amazonida. Essa é uma das diversas atuações do Exército na região amazônica que além de manter a soberania nacional, sempre se faz presente na integração de solucionar os momentos críticos no qual a sociedade venha a passar.

registrado em:
Fim do conteúdo da página